5 Dicas de Marketing Médico para começar a aplicar agora mesmo!

5 Dicas rápidas para iniciar com Marketing Médico.  

Profissionais de saúde, clinicas e consultórios também dependem de seus clientes para se manterem funcionando. Fazer Marketing Médico é necessário para manter uma quantidade de pacientes ideal.

Apesar das restrições de legislação o Marketing Digital pode ajudar sua clínica ou consultório a ser conhecido por pacientes e até mesmo para auxiliar na fidelização.

É importante lembrar que quando falamos em ‘Marketing Médico’ nos referimos a profissionais de saúde em geral – não só a médicos – mas também Dentistas e profissionais buco maxílo, clínicas de reabilitação, fisioterapia e pilates, clínicas de cuidados especiais ou idosos, e demais profissionais que trabalham na área de saúde.

Nesse artigo vamos ver 5 dicas especiais de Marketing para profissionais da saúde.

 

Defina os objetivos que você deseja alcançar em sua estratégia de Marketing Médico.

Quando você define um objetivo real se torna viável definir as melhores estratégias e o melhor caminho a seguir.

Somente quando sabemos o que queremos é possível escolher o caminho correto para chegarmos aonde queremos de fato, assim também ocorre com as métricas de Marketing.

Um objetivo de Marketing Médico pode ir desde conquistar mais pacientes até se tornar autoridade em determinado assunto. Para criar boas estratégias é preciso entender muito bem as metas, e pesquisar a melhor forma de fazer cada campanha, onde colocar cada texto, os assuntos a serem abordados, quais redes sociais participar, entre outros quesitos.

 

Conteúdo informativo em primeiro lugar.

As postagens feitas por profissionais da saúde – que sejam destinadas ao público, seja em seus sites, blogs ou redes sociais – devem ser de cunho educativo e de orientação, jamais com intuito de vender um atendimento ou gerar marcações de consultas online.

Profissionais de saúde devem lembrar que quando falam sobre um assunto online – que não seja de finalidade pessoal – precisam informar sempre seus nomes, especialidades, área principal de atuação, inscrição no conselho (CRM) e deus números de registro. Essa regra é importante para garantir a veracidade, qualidade e segurança sobre o profissional que está sendo representado por algum material online.

 

Ajude pessoas. Seja referência!

Pacientes também são consumidores, e a imagem que eles têm de profissionais de saúde é a de ajuda e auxilio, portanto, quando você cria relacionamento online de ajuda é mais fácil cativar e conquistar a confiança de possíveis pacientes, e até mesmo de fidelizar os que já conhecem o seu trabalho, mas irão se sentir mais próximos a você. Usar um blog e redes sociais para publicar curiosidades, orientações e dicas de saúde é uma excelente forma de se manter conectado a pessoas que buscam por essas informações.

Hoje em dia antes de procurar um médico as pessoas fazem uma busca no Google para tentar descobrir qual pode ser o seu problema de acordo com seus sintomas, quando ela chega a uma informação de qualidade feita por um profissional, além de estar ajudando-a, esse profissional cria uma relação. Além disso esse tipo de artigo é importante para frizar a importância de se consultar com um especialista ao invés de se auto medicar, ou seja, é mais uma forma de ajudar e orientar pessoas.

 

Saiba utilizar o E-mail!

Muitas pessoas acham que e-mail Marketing significa receber ofertas e propagandas chatas que ninguém gosta e não abre.

Mas quando se trata de Inbound Marketing o e-mail tem a função de ajudar e levar informações realmente relevantes para cada pessoa.

Quando uma estratégia gera Leads é possível ter informações e através delas enviar o e-mail certo, no momento certo personalizado para cada Lead.

Em relação a Marketing Médico o e-mail se torna mais uma forma de relacionamento e orientação entre médico – dentista, profissional da saúde ou clínica – e paciente. É possível enviar orientações pré e pós consulta, lembrar de exames de rotina, enviar orientações em geral de acordo com cada problema e tratamento, entre outras possibilidades.

Dessa forma a relação entre paciente e profissional fica mais próxima e a orientação de ajuda mais intensa, isso gera uma fidelização e satisfação muito grande, e acaba levando ao bom e velho marketing da indicação.

 

Redes sociais 

Apesar da legislação rigorosa no que diz respeito a Marketing Médico, ou seja, de saúde, é possível usar sim as redes sociais.

As redes sociais também servem para estreitar relacionamento e se manter mais próximo ao público – pacientes e possíveis pacientes – na área médica estar sempre mostrando colaboração é muito importante.

Além disso atualizações, novidades, congressos entre outros eventos são interessantes para quem acompanha informações de saúde, esse tipo de postagem também gera autoridade e confiança, afinal profissionais que estão sempre buscando conhecimento mostram preocupação em oferecer sempre o eu melhor.

 

Conclusão 

Manter uma agenda cheia e a confiança de sua clínica e consultório nem sempre é tarefa fácil.

Como vimos nesse artigo o Marketing Digital pode te ajudar a criar autoridade e fazer com que mais pessoas conheçam seu trabalho gerando oportunidades de conquistas novos pacientes;

Com essas 5 dicas é possível traçar uma estratégia de Marketing, ajudar pessoas, atrair possíveis pacientes, ajudar e orientar aqueles que já são pacientes de forma mais rápida e pratica, melhorar o funcionamento da sua clínica ou consultório entre outras possibilidades.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto que tal colocar no papel suas metas e objetivos para pensar em iniciar um plano de Marketing?!

Marketing médico

Comentários: