05 dicas de Marketing Digital para e-commerce

Bom, vou escolher abrir esse texto com uma verdade absoluta: provavelmente existem centenas de formas de trabalhar Marketing Digital para e-commerce

Mas nós vamos falar das centenas? Não.

Por um motivo simples: o Marketing Digital necessita de estratégias definidas. Algumas coisas vão funcionar melhor para uns do que para outros.

Assim como é na vida! Já dizia o ditado que a diferença entre o remédio e o veneno está na dose.

Também é seguro dizer que, embora existam várias formas de trabalhar Marketing Digital para e-commerce por aí, algumas estratégias vão durar mais tempo e gerar mais resultados do que outras.

É imprescindível citar também que algumas estratégias podem estar muito a frente (ou muito atrás) do seu momento atual ou necessitar de investimentos que não se enquadram no seu cenário, pelo menos por agora.

Por isso que, ao elaborar este post, filtramos as melhores estratégias de Marketing Digital em e-commerce. Por “melhores estratégias”, considere:

  • Ideias práticas;
  • Que funcionem em todos os momentos;
  • Que geram retorno.

Sobre estas mesmas estratégias, existe apenas uma consideração: apesar de práticas, elas são trabalhosas. Talvez não seja o termo mais correto, vamos dizer, então, que são os degraus mais altos.

E não, não tem como fugir desses degraus altos – uma hora ou outra você terá que usá-los para subir, não tem jeito.

Pensa comigo: é melhor subir enquanto há bastante energia e deixar os degraus menores para depois, do que se cansar com os menores e encarar os degraus altos em seguida. É ou não é?

Vamos ao que realmente interessa? Cinco formas de trabalhar Marketing Digital em e-commerce:

 

SEO

SEO é provavelmente a forma mais popular e também mais efetiva de gerar leads. Não é à toa que é a mais popular, né?

O SEO do seu e-commerce pode ser aplicado de diversas formas como, por exemplo, através de backlinks, mas você pode e deve começar pelas palavras-chave das buscas.

Portanto, invista pesado em Marketing de Conteúdo, crie conteúdos realmente relevantes, que façam merecer o clique do usuário, e que dê um gás na sua visibilidade online.

Todo o esforço é recompensador, visto que o bom conteúdo gera tráfego para seu e-commerce.

Uma vez em seu site, você pode usar outras estratégias para que ele não apenas permaneça, mas dê uma voltinha pela loja e interaja com seus produtos e outros conteúdos.

Por exemplo, você pode captar o e-mail dele através de formulários com a finalidade de enviar atualizações, promoções, descontos e outros conteúdos, claro!

Outra coisa muito importante é que o seu site esteja preparado para a versão mobile. Isso conta muitíssimos pontos com o Google. Sem contar que em 2018 isso é indispensável.

 

Construção uma Base de Leads

Construir uma lista de e-mails é importantíssimo para gerar leads para seu e-commerce, por isso mesmo você não pode esperar que a pessoa simplesmente entregue o e-mail para você.

É importante que você seja bastante ativo neste quesito. Tampouco basta uma caixa de texto no canto do seu site. Você precisa conquistá-lo!

A forma mais efetiva para tal é através do incentivo. Mostre a ele os benefícios de se juntar ao seu mailing e como aquilo pode ser realmente benéfico.

Dê a ele algo de valor – um ebook, webinar, a chance (olha só a palavra que eu usei aqui, não é à toa) de ter acesso a vários descontos, promoções, informações.

Sério, dê uma de Don Corleone e faça propostas impossíveis de serem recusadas, nem que para isso você precise ser um pouco agressivo (não ao estilo Don Corleone, por favor).

Por agressividade desenhe um pop-up na sua mente. Mas não seja aquele pop-up chato! Usado com delicadeza, o método pode gerar grandes resultados.

 

Otimize sua página principal

A página mais importante do site deve ser um espetáculo de boa e nada menos que isso. Lembre-se que a primeira impressão é a que fica! Fique atento aos seguintes pontos:

  • Navegação: a facilidade de navegação deve imperar no seu site, tudo tem que ser encontrado em até três cliques;
  • Inscrição de e-mail: sempre convide os usuários a deixarem o e-mail deles com você;
  • CTAs: as famosas chamadas para ação devem ser claras, poderosas e atraentes para o clique;
  • Produtos: precisam ser fáceis de serem encontrados e claros o suficiente para que as informações buscadas sejam de pronto localizadas.

 

Não esqueça das redes sociais

Outro ponto importantíssimo são as redes sociais. As pessoas já estão habituadas a procurarem e esperarem grandes promoções sendo veiculadas pelas redes.

Sem dizer que é através delas que os usuários marcam familiares, amigos, colegas de trabalho e por aí vai.

Com tudo bem estruturado até aqui, você pode começar uma bela campanha de anúncios no Facebook e no Instagram, que com certeza gerará bons resultados.

Não se esqueça que as redes sociais possuem altos graus de segmentação, o que significa que você pode atingir seu público com muito mais facilidade.

 

Incentive o boca a boca

É provável que o marketing boca a boca seja um dos mais efetivos do planeta – e também aquele que melhor pode te destruir (mas não é isto que vai acontecer).

Quando alguém conhecido te indica um produto ou serviço, você tem grandes chances de contratar ou comprar aquilo.

Da mesma forma, se alguém detona o rodízio de pizza de um determinado restaurante, é provável que você nem se dê ao trabalho de pisar lá, não é?

Pensando nisso, promova o boca a boca online através de botões de compartilhamento e de promoções que envolvam descontos ou outros benefícios para o cliente e um amigo!

 

Esperamos que as 05 formas de trabalhar Marketing Digital para e-commerce tenha atingido suas expectativas. Não saia sem deixar um comentário ou de compartilhar este post!

Black friday, ecommerce