Marketing no Whatsapp: será que vale a pena investir?

Marketing no Whatsapp: fazer ou não fazer?

Gratuito e popular, é muito difícil encontrar alguém que não tenha o Whatsapp instalado no celular.

O aplicativo de comunicação instantânea ganhou o coração dos usuários, chegando ao cúmulo de conquistar capas de sites de notícias quando o mesmo sai do ar.

Por isso, não é surpresa alguma que empresas e empreendedores tenham visto no aplicativo mais uma forma de anunciar e promover o engajamento com seus atuais clientes e leads.

No entanto, é impossível não deixar aqui um questionamento: até onde o Marketing pelo Whatsapp é uma boa ideia?

 

“Whatsapp é lugar de amigos”

A ferramenta é ótima para promover o papo entre amigos e família, portanto muitas pessoas veem o uso o comercial como uma grande invasão ao momento de lazer e descontração.

Dessa forma, o bloqueio e a rejeição do cliente ou lead à esta forma de se fazer Marketing pode ser fatal para o seu negócio. No entanto, podemos perceber outro comportamento:

 

“Não tem um whats?”

Tão popular que se tornou, o Whatsapp ganhou vários apelidos: Whats, Zap etc. A praticidade encontrada nele é tamanha que é comum que os clientes peçam essa forma de contato.

Visto que o instantâneo, preto no branco e com direito a confirmação de leitura ganhou tantos seguidores, fazer uma ligação tornou-se um fardo para muita gente.

Saber que existe a opção de entrar em contato através do Whatsapp é vista como uma forma bastante positiva pelo cliente. Tanto é que muitas empresas adotaram esse tipo de SAC.

 

Deixe que o cliente vá até você

Se de início tínhamos um comportamento contraditório, agora podemos enxergar o cenário com mais clareza. O que faz o cliente ficar satisfeito ou insatisfeito é sua própria vontade.

Isto é, receber uma mensagem no Whatsapp, principalmente se ficar claro se tratar de um SPAM, é visto como algo negativo por ele.

Agora, ele ter o poder de entrar em contato com a empresa ou estabelecimento através do aplicativo é um plus.

Da mesma forma, é comum ver o encantamento do cliente quando ele é informado que a comunicação da empresa é feita pelo app.

Pizzarias, hamburguerias e outros serviços de comida delivery são grandes exemplos disso. Qual pizzaria hoje em dia que não atende via Whatsapp?

 

O que é bacana de trabalhar no Whatsapp?

  1. Atendimento: em um mundo instantâneo, é mais do que natural que o cliente espere praticidade, além de respostas rápidas para seus problemas ou necessidades;
  2. Compras/serviços: acima citamos o exemplo do serviço de Delivery, mas pode servir para sua loja de roupas, para promoters de festas, consultórios médicos e por aí vai;
  3. Engajamento: dar dicas de passeios, exercícios, receitas, informar sobre algo que esteja acontecendo na cidade, dar avisos importantes. Ser o parceiro do seu cliente!

 

O que você nunca deve fazer pelo Whatsapp?

  1. Deixar de avisar sobre o método de comunicação: ao ter o telefone do seu cliente, você tem uma parte de sua privacidade. É de bom tom avisar que sua loja ou serviço usa o meio para informar ou promover alguma coisa. Se ele der o OK, legal. Caso contrário, tire-o da lista de contatos via Whatsapp;
  2. Ser invasivo: mesmo que o cliente tenha dado o OK para se comunicar com ele através do app, não seja invasivo, indelicado ou, entre outras palavras, sem noção. Escolha bem a linguagem e não faça piadas de cunho ofensivo. Além de conteúdo ofensivo não ser motivo de riso, a mensagem pode tornar-se viral e manchar sua reputação. Dica: se você estiver na dúvida, simplesmente não envie;
  3. Lotar o cliente de mensagens: nunca, sob nenhuma hipótese. Mande uma mensagem falando sobre a oferta de cerveja daquele dia e ponto. Não insista, não mande mais uma vez, não lote o celular da pessoa com imagens do produto etc. Neste caso, lembre-se: menos é mais;
  4. Incluir o cliente em grupos: parece mais simples incluir todos os seus clientes em um único grupo e enviar uma mensagem para todos, né? Errado! Olha, eu ficaria surpresa se, depois disso, 30% das pessoas ainda permanecessem neste grupo. Além de ferir a privacidade dos seus clientes, expondo seu contato para dezenas de outras pessoas, a dinâmica de grupos pode ser irritante devido ao grande fluxo de mensagens. Se a última coisa que você quer é irritar o cliente, não o coloque em grupos.

 

Existem ferramentas para fazer Marketing pelo Whatsapp?

Puxando o gancho do último tópico, existem diversas ferramentas no mercado que facilitam a vida da marca neste quesito.

Isto é, você pode disparar a mesma mensagem para diversas pessoas sem ter que ficar abrindo contato por contato e, menos ainda, sem precisar colocar todo mundo em um grupo.

Completas, as ferramentas disponíveis no mercado oferecem relatório de entregas e prometem que a criação de campanhas seja feita em poucos cliques.

Se você já utilizou uma dessas ferramentas, deixe seu comentário aqui para a gente. Trocar ideias é sempre uma boa para saber o que funciona ou não!

 

Conclusão

Ao escolher inserir o Whatsapp na sua Estratégia de Marketing Digital, é importante analisar o perfil da sua clientela, como a estratégia será aplicada e quais são os objetivos.

Sem esses três fatores em mente e bem definidos, o conselho é não começar.

A ferramenta dá abertura para ser criativo, prestativo e prático, mas é imprescindível tomar cuidado com conteúdo e ser metódico na hora de informar e pegar a autorização do cliente para se comunicar através do app.

Procure se colocar mais à disposição do cliente do que ser muito ativo. Maneire no número de mensagens e jamais insista!

Comentários: